Saturday, April 4, 2015

Japão parte 3

Japão parte 1 aqui
Japão parte 2 aqui

Acho que no ritmo que estou escrevendo sobre a viagem, um post por dia, eu nunca vou conseguir terminar os 20 dias, vou tentar fazer o possível para resumir o que conseguir.

Dia seguinte eu e o Rob fomos visitar uma das lojas de marca que ele gosta, descemos em Harajuku, andamos pela Omotesando até chegar em Aoyama.
No caminho encontramos pessoal fazendo campanha para doação de dinheiro, os cachorros são usados para terapias e eram uns amores <3


Rick Owens Tokyo




De lá voltamos para Harajuku e tive tempo de olhar algumas lojas como a Closet Child. Foi bem corrido, mas consegui comprar um jsk da Meta (Romantic Alphabet pinafore jsk em verde) e um overdress da Victorian Maiden (Long sleeve overdress em bordô), ambos por 8,800 yen e um headpiece da IW (Tulle Ribbon Katyusha que não consegui encontrar imagem) por 1,800 yen.
Pela noite fomos na casa da Maria, ela fez okonomiyaki caseiro <3

OLHA COMO É FRESCO ESSE POLVO

A Kali também estava lá!

E pela noite, ofuro + DS, uma combinação perigosa

Dia seguinte, passamos por Kabukichou. como virou costume, para ir até a estação de Shinjuku. No caminho sempre encontrávamos coisas interessantes:
Sauna masculina 24hs, hein, "sauna", aham

Ovos cozidos em embalagens individuais (?!)

Macarrão instantâneo de Aikatsu

Matcha Latte

Tem sabor de Nesquik com menos açúcar

Yakisoba pan, ou seja, pão com recheio de yakisoba. Não tive coragem de provar.

E finalmente pude passear com calma em Harajuku!
Eu e o Rob decidimos nos separar para sermos mais eficientes nas nossas compras. Combinamos de nos encontrar para almoço/lanche da tarde.
Como já havia passado três dias só escutando japonês, a partir desse dia eu já estava entendendo as pessoas falando e me senti mais confiante para conversar e fazer perguntas aos atendentes. O melhor de tudo era que eu conseguia entender muita coisa!

Esse dia visitei diversas lojas e fiz muitas compras, na Listen Flavor comprei um moleton em sale, passei na Paris Kids (escolhi alguns acessórios), comprei diversos acessórios na Wego, entrei em diversas lojas de cosméticos, fui na Daiso para comprar coisa de 100 yen (comprei até chá), e também vi diversas lojas de roupa da Takeshita doori, a rua principal. Dessa vez tive mais tempo para olhar a Closet Child com mais calma, não encontrei nada muito interessante na parte de lolita (peitos grandes demais para tudo ugh) mas consegui encontrar uma camisa da Atelier Pierrot que me servisse.

Eu esperava encontrar mais peças mais versáteis para usar aqui no Brasil (lê-se mangas curtas) mas não tive sucesso, ainda mais, quem, além de euzinha, para comprar roupas de verão no meio do inverno?

 Por último fui na Innocent World. Até aquele ponto foi a loja mais linda que visitei e a minha preferida de todas marcas lolita, uma pena que não é possível tirar fotos do interior, tenho só essa de dentro do provador.

Consegui aproveitar a sale de inverno, pena que eles não tinham diversas peças que ainda poderiam ser compradas pelo site.
Quis provar alguns sapatos mas só havia sobrado tamanho S, felizmente haviam ainda camisas tamanho L, que me servem. Levei duas camisas, ambas simples, porém linda nos detalhes (Dobby Ribbon Tie Blouse em preto e Alice Round Collar Blouse da colaboração com Kuniyoshi Kaneko em beige x chocolat).
Com muito esforço consegui escolher três headpieces, tudo da loja é tão mais bonito, delicado e elegante pessoalmente que foi difícil decidir o que eu gostei mais. No final acabei levando Anniversary Rose headbow com o laço em preto (as flores amassaram um pouco na viagem de volta :( ), Logo Ribbon clip em preto que cheguei a usar bastante durante a viagem e Teardrop Charm Headbow em vinho.

Ainda tive tempo de tirar purikuras:





Já havia gasto cerca de 4 horas nesse passeio e era hora de encontrar com o Rob. Quis passar na Laforet, um shopping que tem diversas lojas lolita como Angelic Pretty, Baby e Aatp mas não tive tempo, ficou para outra vez. No final foi uma boa decisão, em uma semana eles entrariam em sale e pude aproveitar mais nesse dia.

A tarde passamos em Nakano Broadway. É uma galeria de lojas que lembram bastante as da Liberdade, tanto em tamanho quanto em organização.


Gostaria de ter tido como passar lá com mais calma, mas não tivemos tempo para voltar, só no final que descobrimos que os melhores andares são os últimos. Grande parte das lojas vendem itens de segunda mão e tem muita coisa de nicho, se você curte tokusatsu, existe lojas só para isso, e lojas só para mangás eroguro, lojas só de manga da década de 80, ou 70, ou ainda mais antigo. Haviam também lojas só de brinquedos antigos, lojas de filmes japoneses antigos, de música, um fliperama com streaming no Nico nico e mais um pouco de tudo.  Até cheguei a ler que existe uma loja de bonecas ocidentais vitorianas mas não cheguei a encontrar, na metade do nosso passeio as lojas já estavam fechando.

Algumas lojas têm fachadas incríveis e são enormes. A Mandarake era gigante e ocupava diversos andares.


Comprei um chaveiro do Suehiro Maruo. Também comprei um clear file do Takato Yamamoto.

O lendário gatcha de calcinhas usadas.

Jantamos em Omoideyokochou. É uma rua cheio de izakayas tradicionais que fica perto da estação de Shinjuku.





Dia seguinte, novas aventuras em Kabukichou:
Na camisa:"Favela"

Onigiri recheado de ovas de peixe por 168 yens

E seguimos para passar o dia em Akihabara!
Taiyaki de gundam
O takoyaki mais gostoso e mais quente

Japão parte 1 aqui
Japão parte 2 aqui

4 comments:

  1. Só consigo resumir em EVEJAS ETERNAS!

    Essas purikuras do Rob com olhos brilhantes estão ótimas XD

    ReplyDelete
    Replies
    1. Pior é que essas puris são as que ele ficou melhor haha

      Delete
  2. Bia, cadê os posts 1 e 2? Não achei, quero ler ;-;
    Esse vestido de alfabeto é muito bonito nessa cor. Quero ver vc usando <3 Adorei as fotos! Fiquei com desejo de okonomiyaki e matcha latte e takoyaki!!! Também não fui com a cara desse pão de yakisoba XD
    A IW é a loa mais linda que visitei na vida, eu gostei tanto que voltei umas 3x XD é uma pena não deixarem fotografar lá dentro. Vc comprou um monte de coisas lindas <3 Eu e Marcos tentamos visitar a Nakano Broadway, mas não conseguimos achar... como estava tarde e estávamos cansados desistimos e deixamos pra próxima vez! Lá parece maravilhoso para achar coisas antigas! Quero voltar pra lá asap :3 Quero ler mais sobre a sua viagem /o/ Ainda preciso continuar escrevendo sobre a minha, vou demorar uma eternidade, e olha que tô resumindo bastante XD

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada por avisar, Jenny! Vou colocar uma lista de links para os posts anteriores da viagem, não pensei nisso antes.
      A gente só conseguiu encontrar os lugares para visitar pq tinhamos o mágico pocket wi-fi, sem ele a gente não só teria gasto muito mais tempo como tb acho bem possível que não teríamos encontramos muitos lugares xD

      Delete