Friday, March 11, 2011

Terremoto e lolitarias (lol)

Espero que todos já estejam sabendo do terremoto que aconteceu no Japão essa madrugada. Ele foi de escala 8.9 (de acordo com as medições feitas nos Estados Unidos), o maior do país e o 7º mais forte do mundo. Até mesmo a Unicamp registrou tremores sentidos no Brasil, que foram praticamente nulos e imperceptíveis, mas ainda assim, um país do outro lado ter registro de tremor não é pouca coisa. E além do terremoto estão havendo incêndios, risco de vazamento nuclear em uma usina e houveram diversos tremores secundários e tsunami.
O número de mortos e feridos não para de subir e provavelmente quando eu postar isso estará ainda maior.





Cada cena nova que vejo na tv (estou sem Internet, estou escrevendo no wordpad agora) me deixa arrepiada e extremamente preocupada. Parece até de mentira e tem me lembrado muito de um manga que estou lendo lol (pra quem tiver curiosidade, Kanojo wo Mamoru 51 no Houhou, sobre um terremoto gigantesco que destrói Tokyo e uma menina meio lolita que curte Visual Kei com seu amigo tentando sobreviver, é bem forte e muito bom)

Eu também fico pensando como devem estar todos os designer das minhas marcas preferidas, os staffs dos meus shopping services, as modelos que eu admiro e acompanho, os integrantes e staffs minhas bandas preferidas, autores preferidos de mangás, as fábricas de curry e Royal Milk Tea (chá preto com leite delicinha de saquinho, pasmem, é um dos melhores que provei na vida) e por aí vai.


Dentro de Lolita

Esse terremoto teve proporções gigantescas e obviamente afetará a economia do país. E pensando por esse lado todas nossas compras do Japão também estarão comprometidas. Sem querer uma das primeiras coisas que pensei quando entendi a gravidade do que aconteceu por lá foi “ainda bem que já enviaram minhas burandos” porque não sei e nem sei se haverá previsão pros shopping services e correios de lá voltarem a funcionar. Na verdade nem sei se vão fechar em todo país, mas é bem provável que isso ocorra pelo menos por um tempo considerando o estado das coisas.

Pensando pelo lado que as famílias e tals precisem de dinheiro (se é que precisam, acho que vão precisar) pode ser que comecem a surgir itens interessantes em auctions japonesas como mbok e yahoo!japan. Se os shopping services já estarão trabalhando é outra história.
Pelo menos as lojas (fábricas, staff, designers) de burando não são prioridade (correio já não faço idéia), ainda mais pro povo de lá que com certeza vai preferir gastar tempo e dinheiro “reformando” a casa, cuidando da família etc.
Quando der uma esfriada é bem possível que as grandes marcas de lolita e a Bodyline, dêem prioridade as vendas pro exterior, pode ser uma boa oportunidade, espero que também façam promoções e descontos pra estimular as vendas xDD
E falando em estimular as vendas, novamente, quando as coisas esfriarem, comprando diretamente das lojas estaremos ajudando a economia do país a voltar ao normal.
Para nós, que importamos do Japão (itens lolita ou não) por enquanto esse será o mês do TaoBao.

Torço para que tudo por lá volte ao normal o mais rápido possível e que todos os quais eu tenho um carinho (que nem sabem que eu existo lol e foram listados acima) estejam bem.


Pra quem não viu deixarei aqui  alguns links com fotos:


1 comment:

  1. Sabe que eu não fiquei nem tanto espantada assim com o terremoto e a tsunami no Japão?
    Não foi por falta de caridade, é mais porque é um país que meio que se situa em um lugar tenso (em um encontro de placas tectônicas) e meio que eles já sabiam que cedo ou tarde poderia acontecer um tremor de terra que faria uma grande catástrofe como essa.
    Eu não me preocupei tanto assim com o fato de falta de burando, anime e etc, afinal a prioridade deles agora tem que ser em reconstruir o país e dar auxilio ao pessoal que perdeu as suas moradias do que se preocupar com o exterior, e resta a gente entender isso.
    Aliás, eu penso que as vitimas não foram muitas se comparadas ao tsunami que ocorreu em meados de 2004 no Haiti, se não me engano, afinal o Japão está preparado para os constantes tremores de terra que sempre acontecem por lá, e também tem um sistema de defesa civil que funciona muito bem diferente do nosso, o que pode evitar que mais gente sofresse da catástrofe.
    E também o terremoto mudou uns 10 graus de rotação do eixo da terra, o que significa que essa catástrofe não vai ser a unica e vai ocorrer mais coisa, por isso é bom ficar preparado para o pior.

    ReplyDelete